Rede aleluia
Radio
São Paulo
Vision Latina
Vision Latina
Vision Latina
Batismo nas águas

O que é o batismo nas águas?

Batismo nas Águas é a separação definitiva do homem da sua vida terrena e o início de uma nova vida como Cristão completo. É mais do que uma cerimónia pública de conversão de uma pessoa ao Senhor Jesus, significa que o mundo está completamente morto para nós, através do processo de sepultamento do Batismo. Deixamos de ter em nós a velha natureza pecaminosa. Por outras palavras, o pecado deixa de nos governar quando morremos para ele através do Batismo. Depois da Sua ressurreição, o Senhor Jesus ensinou aos Seus discípulos sobre a importância do Batismo, dando-lhes uma clara ordem:

“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.”

(Mateus 28:19)

Batismo nas águas

Por que é que preciso de ser batizado?

É importante ser batizado após o arrependimento, seguindo da decisão de abandonar uma vida de pecado e aceitação de Jesus como o Único Senhor. O arrependimento é a primeira condição para o Batismo. Normalmente, temos casos em que as pessoas são batizadas sem que haja arrependimento; não são “convertidos” a Cristo, mas “convencidos” d’Ele.

“Quem crer e for batizado será salvo; quem porém, não crer será condenado.”

(Marcos 16:16)

Por que é que o batismo é feito por imersão?

O Batismo nas Águas significa o início de um novo modo de vida, pois a água é o elemento mais natural de purificação. O Batismo por completa imersão na água representa o enterro total. Por esta razão, o Batismo é feito somente por imersão.

“Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele.”

(Mateus 3:16)

Batismo nas águas
Batismo nas águas

O que é o arrependimento ?

O Arrependimento é um sentimento de tristeza ou pesar por um erro que foi cometido. A compeensão do verdadeiro arrependimento é importante para cada cristão pois:

  1. O pecador deve reconhecer os seus pecados. Este é o primeiro passo para um arrependimento sincero e honesto: ninguém pode arrepender-se por algo que não reconhece.

  2. O pecador deve odiar o pecado. Se o pecador não vê o seu pecado como algo repugnante e odioso, então, certamente irá cometê-lo novamente e será escravizado por ele.

  3. O pecador tem que abandonar o seu pecado. Se não voltarmos as costas ao pecado agora, nunca nos veremos livres dele. De nada adianta pensar que triunfámos sobre o pecado se ele ainda está perfeitamente ao nosso alcance. Por exemplo, às vezes associamo-nos com pessoas que não compartilham a nossa fé, sendo que as mesmas, habitualmente, acabam por nos levar por caminhos errados, juntamente com elas. Por isso, mesmo que tivéssemos de resistir, eventualmente, acabaríamos por cair.

  4. O pecador deve esquecer completamente o pecado. O último passo do arrependimento total é esquecer o pecado cometido, como se este nunca tivesse sido cometido.

 

 

Tenho de me tornar dizimista antes de ser batizado?

Você não é obrigado a ser dizimista antes de ser batizado, mas a Palavra de Deus diz:

“Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida. “

(Malaquias 3:10)

Ao ser um dizimista fiel, não só você estará a honrar a Deus (a Quem tem dado a sua vida), mas também estará a oferecer a outras pessoas de terem a mesma oportunidade que você teve. A decisão de ser batizado representa você dar 100% da sua vida a Deus. Por isso, deveria ser realmente um problema devolver 10% do que Ele lhe dá de si?

Batismo nas águas
Batismo nas águas

Uma pessoa pode ser salva sem ser batizada?

Como a Palavra de Deus menciona: “Quem crer e for batizado será salvo; quem porém, não crer será condenado.”(Marcos 16.16). Portanto, se uma pessoa se arrepende dos seus pecados, aceita o Senhor Jesus, mas logo em seguida morre antes de ser batizada nas águas, ainda assim, ela será salva.

E temos um excelente exemplo na própria Bíblia, como foi o caso do ladrão na cruz, ao lado de Jesus. Ciente da sua morte iminente, ele reconheceu Jesus como o Filho de Deus e pediu-Lhe a Sua salvação. O Senhor Jesus, imediatamente, respondeu:

“Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.”

(Lucas 23:43)

O batismo pode garantir a minha salvação?

O Batismo é o primeiro passo para a sua salvação. No entanto, após serem batizadas, algumas pessoas, eventualmente, desistem da sua fé – devido a pressões do quotidiano. Então, a resposta é NÃO, o Batismo não garante a salvação de uma pessoa. Só quem perseverar até ao fim será salvo. Para alcançar a vida eterna, todos devemos combater o bom combate da fé, tal como o apóstolo Paulo menciona em 2 Timóteo 4.7:

“Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé.”

Batismo nas águas
Batismo nas águas

O que devo fazer depois do batismo?

Depois de Jesus ter sido batizado, Ele foi levado pelo Espírito ao deserto para ser tentado pelo diabo (Mateus 4.1) Sermos, IMEDIATAMENTE, tentados pelo diabo era a última coisa que esperaríamos encontrar, uma vez que rendemos as nossas vidas a Deus através do Batismo. Mas é exatamente isso que acontece. Se a decisão de ser batizado é real e provém do coração, isso provoca uma reação no diabo. Por isso:

  1. Desenvolva a sua relação com Deus, através da oração, e a oração eficaz é a que é feita com sinceridade.

  2. Leia a Bíblia. Um versículo é mais do que suficiente, observe os verbos e respeite a pontuação. É a Palavra de Deus que nos torna fortes espiritualmente, porque é ela que alimenta o nosso espírito – fé.

  3. Desenvolva a sua salvação, participando nas reuniões de quarta, sexta e domingo pela manhã.

  4. Dê o que CRISTO lhe deu, evangelizando, levando aos outros, gratuitamente, o que CRISTO lhe deu. “ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura…” (Marcos 16.15)

Este último passo revela que os 3 anteriores foram e estão a ser realizados com sucesso, pois se nós não começarmos e nem fortalecermos a nossa relação com Deus, SALVANDO, assim, a nossa alma, como poderemos ter o prazer de SALVAR outros?

O que prova o nosso AMOR a CRISTO é quando fazemos o que ELE fez: eu DOU!

AMAR é DAR, é permitir que outros tenham a mesma oportunidade que você está a ter e venham a aproveitá-la!